Pontuações necessárias sobre o ProUNI

5 05 2011

Compôs a pauta de jornalismo do Fantástico no 1º de maio último matéria referente ao Programa do Governo Federal Universidade para Todos e eu gostaria de fazer algumas pontuações sobre o assunto que me foram ocorrendo durante a visualização da matéria. Em suma, para quem não viu, mais denúncias sobre vagas fantasmas em universidades públicas e possível concessões indevidas de bolsas para alunos que não são, em tese, carentes.

Leia o resto deste post »





Comentário Agência Câmara – 17/01/2011

18 01 2011

Evangélicos querem impedir a distribuição de cartilha anti-homofobia

 

A Frente Parlamentar Evangélica quer barrar a distribuição de cartilha elaborada pelo Ministério da Educação (MEC) para orientar alunos das escolas públicas sobre o preconceito contra homossexuais.

Segundo o presidente da frente parlamentar, deputado João Campos (PSDB-GO), sua assessoria vai analisar todo o conteúdo para emitir parecer sobre a possibilidade ou não de se propor uma ação no Judiciário e na Procuradoria-Geral da República (Ministério Público) com vistas ao recolhimento do material.

O deputado está preocupado porque considera que se trata de “uma cartilha que está muito mais fazendo a apologia do sexo entre crianças e adolescentes do que necessariamente orientando acerca da homofobia, do ponto de vista preventivo, para educar as pessoas”.

Compromisso diferenciado
João Campos afirma que é contra a homofobia e contra a discriminação em relação a qualquer pessoa, mas ele acredita que o governo “parece que tem um compromisso diferenciado” e que é “contra a discriminação só contra gay”.

“Agora, o que também nos preocupa é que o governo coloca nos órgãos que vão tratar dessas políticas e desses programas só pessoas que têm esse tipo de compromisso e que têm esse tipo de orientação sexual”, avalia Campos. “Aí a possibilidade de o material sair com um certo desvio de finalidade termina sendo grande porque há uma certa passionalidade na elaboração de um material dessa natureza.”

Iniciativa positiva
Já o deputado Maurício Rands (PT-PE) considera a iniciativa do MEC positiva porque, segundo ele, o material contra a homofobia direcionado aos jovens vai contribuir para a construção de uma sociedade “verdadeiramente democrática e mais tolerante” quanto à orientação sexual das pessoas.

Para o deputado, “se há uma apologia a comportamentos distorcidos no presente é justamente devido à atitude do sistema educacional, tanto público, quanto privado, que tem tido de fechar os olhos ao bullying homofóbico”.

Ele afirma que isso de deve ao fato de não haver um programa proativo para combater as atitudes de violência nas escolas aos jovens homossexuais. “O Brasil, já no século 21, é um país contemporâneo, grande ator no mundo. Mas, infelizmente, em alguns aspectos, a sociedade brasileira ainda é muito atrasada.”

Avaliação de especialistas
Segundo informou o Ministério da Educação, o material contra a homofobia já foi elaborado e ainda vai passar pela avaliação criteriosa de um comitê de especialistas.

A distribuição da cartilha anti-homofobia a cerca de seis mil escolas públicas de ensino médio deve acontecer ainda neste ano, mas ainda não há data prevista.

Leia o resto deste post »





Prá nunca perder esse riso largo, e essa simpatia estampada no rosto!

23 10 2010


CUIDE-SE BEM

Guilherme Arantes

Cuide-se bem!
Perigos há por toda a parte
E é bem delicado viver
De uma forma ou de outra
É uma arte, como tudo…

Cuide-se bem!
Tem mil surpresas
A espreita
Em cada esquina
Mal iluminada
Em cada rua estreita
Em cada rua estreita
Do mundo…

Prá nunca perder
Esse riso largo
E essa simpatia
Estampada no rosto…(2x)

Cuide-se bem!
Eu quero te ver com saúde
E sempre de bom humor
E de boa vontade
E de boa vontade
Com tudo…

Prá nunca perder
Esse riso largo
E essa simpatia
Estampada no rosto…(4x)





Manifesto contra a dominação religiosa no processo eleitoral brasileiro

12 10 2010

Eu realmente gosto de política, seja ela partidária ou organizacional, eu acho que é o único meio capaz de realmente unir forças para que os interesses sociais atinjam seu pleno êxito. Como disse Aristóteles, o “homem é um animal político” e nas eleições deste ano ficaram evidentes tais palavras principalmente no contexto animalesco da questão. Sinto que não temos candidatos, temos animais que de políticos demonstram bem pouca envergadura. Faço exceções louváveis à Marina Silva, a quem confiei meu voto no primeiro turno e confio quantas vezes necessário for por acreditar no seu poder de uma nova política que inclua um animal socializado pela ética e boa moral.

Leia o resto deste post »





Brasil: o país do futebol e dos políticos corruptos

14 07 2010

Agora vejam que a Copa do Mundo terminou. As eleições estão só começando. Percebam se nos próximos meses veremos cidadãos aflitos para se prostrarem frente à TV e acompanhar os planos de governo de cada presidenciável. Percebam ainda se veremos a maior parte dos brasileiros discutindo o esquema tático, lícito ou ilícito, que foi utilizado por cada candidato para conseguir seus votos. É não precisa não é mesmo!? O Brasil é o país do futebol, a corrupção e os maus políticos são só uma pequena falha na transmissão do espetáculo. Nós aqui da arquibancada nem percebemos, abaixamos nossa cabeça e saímos rumo ao portão principal…

Leia o resto deste post »





Meu encontro com o governador de São Paulo José Serra

27 03 2010

Estou tão eufórico ainda que eu não sei como conto isso. A gente tem muito dessas coisas né!? Quando vê alguém importante ou então quando só vê alguém pela televisão é meio que instintivo querermos chegar perto desse alguém e perceber que ele é real.

Hoje eu conheci pessoalmente o governador de São Paulo José Serra. E eu vou relatar em algumas linhas aqui como foi a experiência.

A imprensa local nos informou que hoje (26) seria o dia em que teríamos a presença do governador para a oficialização (assinatura) da destinação de uma verba para auxiliar na construção da nova estação de captação de água em Franca. Eu o esperava por outro motivo, para a inaguração do Integra SP, um órgão pioneiro em todo o Estado que abrigará vários serviços da esfera estadual tal como o PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) de Franca, vinculado à Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho, onde estagio há quase dois anos.

Fui trabalhar todo arrumado hoje afinal seria um dia especial. Fui vestido com um traje sport fino e fiquei no aguardo. Ao final do expediente a notícia de que o governador não viria. Resumidamente, acabei carregando caixas e mais caixas com parte da nossa mudança para o novo local, no Integra SP. Vesti um traje sport fino e por fim carreguei caixas.

Cheguei em casa e hoje eu não fui para a faculdade. Jantei e repousei um pouco vendo televisão enquanto minha mãe saía para fazer uma caminhada pelo bairro. Eu moro próximo ao aeroporto de Franca e foi lá que ela resolveu fazer sua parada para retornar à nossa casa e foi ali que ela soube sobre a chegada do ilustre político. Correu até em casa e me avisou e na euforia de ter algo melhor a fazer do que apenas ver uma televisão fomos eu, ela e minha madrinha-vizinha até o aeroporto para acompanhar. Quando já saí no quintal de casa vi o avião do governador sobrevoando nossas casas para pousar.

Ficamos perto da entrada principal e observamos um grande esquema de policiamento para o traslado do governador para algum lugar por mim ainda desconhecido. Eis que um policial nos aborda e nos questiona sobre onde morávamos e se iríamos fazer alguma manifestação e tudo mais, dissemos que não e que éramos meros cidadãos curiosos.

O tempo passa e observamos a presença do Prefeito de Franca, Sidnei Franco da Rocha, e do Deputado Estadual Roberto Engler. Minha mãe despretensiosamente acenou para o Deputado e este veio nos cumprimentar. Agora abro aqui um grande parênteses cômico. Despojadamente eu estava em casa trajando um short estilo bem havaiano com uma estampa de flores e uma camiseta verde, e nesse mesmo traje eu fui até o aeroporto… (Risos). Eu fiquei meio envergonhado de início mas permaneci firme. Nos cumprimentos do Deputado Engler comentei com ele que eu era o Deputado Federal Jovem ao qual ele havia manuscrito cumprimentos pelo mérito da conquista. Quem não o conhecesse acharia que a reação dele foi extremamente política mas não foi; conheço o Deputado muito pouco mas é perceptível nessa escala sua dedicação aos cidadãos. Ele disse que me gostaria de me apresentar ao governador José Serra. Eu fiquei perplexo pois com a minha total informalidade eu estava sendo conduzido para tal apresentação.

Nesse ínterim de tempo fotografei com o Deputado Engler (de shorts!) e concedi pequenas, bem poucas, informações para o jornal local Comércio da Franca. Por fim, eis que veio o governador em meio a tantos flashes e não é que o Deputado Engler o conduziu à mim para as apresentações?

Engler: “Serra, gostaria de te apresentar esse garoto aqui… Deputado Jovem…”

Serra: “Muito prazer!” (apertando minha mão, a da minha mãe e da minha madrinha)

E nesses apertos de mão eis que me vi no meio do tapete vermelho do Oscar devido tantos flashes que captaram minha simplicidade naquele momento. Serra entrou dentro do carro e partiu.

Eu gostaria de concluir que foi mesmo um momento excepcional e a situação cômica que meu figurino denunciou me fez perceber uma coisa: Eu acredito em Deus, um ser superior e acredito que ele possa nos auxiliar grandemente nossa vivência. Essa situação das roupas foi como se Ele me concedesse oportunidades para politicamente realizar aquilo que acredito mas que nunca, NUNCA mesmo eu perca minha humildade. Finalizo com isso, não preciso dizer mais nada… a experiência fala por si só.





Haiti, sonhos debaixo de escombros

17 01 2010

Em poucas palavras quero transmitir meu pesar pela tragédia ocorrida no Haiti na última semana e deixar uma reflexão que me ocorreu ao ver esse vídeo exibido pela Rede Globo de televisão em sua programação.

Não se sabe ao certo quantas pessoas estão ainda sobre os escombros de um perigo desconhecido, sem hora para chegar, sem dados de armamento e sem poder de reconciliação. Um terremoto como este não matou somente uma cidade, uma capital… matou um país inteiro que já sofria as agruras de um povo pobre, discriminado e rejeitado por tantos.

Essa mulher resgatada no vídeo, enfermeira, uns dizem que está ainda grávida, foi prá mim o maior exemplo que um desastre desse poderia deixar. Foi um exemplo moral de tamanha força e simplicidade que me ocorreu num momento em que eu não me concentrava em nada para pensar.

Quantas vezes nós mesmos não soterramos nossos próprios sonhos, desejos e sentimentos nos escombros de nossa vida? Esta mulher resistiu fortemente a cerca de 72 horas (3 dias) num ermo de cimento e areia e ao ser perguntada se estava tudo bem, respondeu que sim, que ela estava bem.

Vamos pensar melhor sobre como temos levado nossas vidas né não!? Eu vou pensar sobre a minha… sobre meus soterramentos e sobre quem eu estou deixando me soterrar e quem eu tenho tentado fazer isto. Filosófico. Filosófico mas especialmente humano, transcendente e munido de catarse.

Abraços, um ótimo domingo e uma ótima semana!








Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.